IMPRENSA

Atendimento:
(11) 4898-8608
comunicacao@promax.bardahl.com.br

Bardahl lança mais três lubrificantes sintéticos para veículos leves

20 de Março de 2017

A Bardahl está complementando sua linha lubrificante sintéticos com o lançamento de três produtos: Maxoil Sintético 0W-20, Maxoil Sintético 5W-40 e Promax Max SL 5W30. Os dois primeiros conferem à linha novas faixas de viscosidade (SAE) e o API de melhor desempenho do mercado, SN, e o terceiro é uma alternativa mais acessível ao bolso do consumidor, um sintético com API SL. Independentemente do SAE (viscosidade) ou do API, SN ou SL, estes três novos lubrificantes têm todos os benefícios que uma base sintética oferece a um lubrificante:

Estabilidade térmica: excelente desempenho em altas temperaturas e alta resistência à oxidação, ou seja, à degradação do óleo na presença de calor e oxigênio, possibilitando o aumento entre os intervalos de troca;

Excelente fluidez em baixas temperaturas: o que acelera a lubrificação das partes altas do motor nas partidas a frio;• Menor volatilidade: tem menor taxa de evaporação comparado a uma base mineral, o que torna a necessidade de reposição bem menos frequente. 

Impacto ambiental: sua alta resistência à oxidação, faz com que os óleos formulados com estas bases tenham intervalos de troca maiores por tempo/meses, gerando menos descarte.

Economia de combustível: as bases sintéticas permitem a formulação de óleos com menor viscosidade e este é um fator importante na redução do consumo de combustível e consequente emissão de poluentes.

Porém, ainda que se utilize básicos sintéticos de altíssima qualidade, somente com o emprego de aditivos é possível atingir as exigências das especificações mais avançadas, tais como API, ACEA e ILSAC. Estes aditivos ajudam a fazer o óleo funcionar, minimizam os processos destrutivos, entre eles oxidação, desgaste, corrosão e cisalhamento (sob o efeito de tensões mecânicas, as moléculas do lubrificante podem “quebrar” parcialmente, resultando em redução irreversível da viscosidade), e conferem propriedades benéficas ao lubrificante. Além das classificações de desempenho API, ACEA e ILSAC, cada montadora impõe suas próprias exigências de desempenho, considerando as características de seus motores. O lançamento Maxoil Sintético 5W-40, por exemplo, atende especificações de montadoras, ACEA e API, já o Maxoil Sintético 0W-20 atende API e ILSAC GF-5. A versão mais acessível dos lançamentos, em termos de preço, o Promax Max SL, atende a classificação API. Atender estas especificações tem reflexo direto no preço do produto, assim como a viscosidade do óleo usado.

Os lubrificantes sintéticos têm custo mais elevado, porém oferecem mais benefícios pelo valor gasto e recuperam esse investimento em prazos relativamente curtos. Sua participação vem crescendo em função das recomendações das montadoras, cada vez mais frequentes em função da tecnologia dos motores (menores, mais leves, com filtro DPF etc.) e das normas de emissão de poluentes. Na Bardahl, entre 2010 e 2016, o faturamento com a venda de óleos sintéticos dobrou, confirmando essa tendência de mercado. Além dos três lançamentos, a Bardahl ainda conta com outros dois lubrificantes sintéticos: Bardahl Premium Economy e Bardahl Maxoil Sintético.

Ao escolher um lubrificante, todo o cuidado é pouco, pois existe um óleo certo para o seu veículo. Economizar na troca de óleo, deixando de observar a especificação básica (API, no mínimo), a viscosidade (SAE) e a base requerida do óleo lubrificante, bem como adiar a troca do lubrificante, pode implicar em perda de rendimento do motor e gastos extras com manutenção.

OUTROS RELEASES

Powered by Focusnetworks