IMPRENSA

Atendimento:
(11) 4898-8608
comunicacao@promax.bardahl.com.br

Stock Car tem etapa tumultuada em Curitiba. Abbate volta a pontuar

3 de Agosto de 2015

 

A primeira metade da temporada 2015 da Stock Car foi completada neste domingo (dia 2) no autódromo internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), e ficou marcada por um forte acidente ainda na corrida 1. Quatro carros foram envolvidos e a prova foi paralisada com bandeira vermelha na décima volta da disputa. Thiago Camilo e Felipe Fraga foram retirados da pista de ambulância e levados ao hospital para exames, mas felizmente passam bem. Ainda se envolveram na batida os companheiros Rafa Matos e Felipe Lapenna. A prova foi retomada para a disputa de 25 voltas e a vitória ficou com o pole position Marcos Gomes, que assumiu a liderança do campeonato. Completaram o pódio Allam Khodair e Daniel Serra, em segundo e terceiro, respectivamente.

Na corrida 2 da sexta etapa do ano, Sérgio Jimenez partiu da primeira posição e ficou com a vitória, seguido por Júlio Campos e Diego Nunes.

Na equipe Hot Car Competições (Bardahl), o estreante Raphael Abbate voltou a marcar pontos, terminando a primeira bateria em 17º. Já o companheiro Fábio Fogaça levou um toque ainda na primeira volta, passou por uma zebra e teve a suspensão traseira danificada. O piloto não completou a corrida e como não conseguiu trazer o carro para os boxes não pôde largar na prova seguinte. Na corrida 2, Abbate foi o 15º.

O forte acidente na primeira prova do domingo aconteceu após Camilo vir lento na reta dos boxes, com problemas no carro. Os pilotos que vinham atrás, brigando por posições não conseguiram desviar, provocando a batida.

Depois de retomada, a prova teve a intervenção de um Safety Car na volta 17, quando uma criança cruzou a pista. Com menos emoções, a segunda corrida transcorreu de forma mais tranquila e sem interrupções.

"Voltamos a pontuar com o Abbate, mas poderíamos ter conseguido um resultado melhor. Na parada obrigatória para reabastecimento, não tinha dado a ordem para o Abbate sair dos boxes, mas o pirulito subiu, ele acelerou, travou o galão e ele voltou pra pista com o galão preso no carro. Precisou voltar para os boxes e acabamos perdendo umas seis, cinco posições. No caso do Fábio, ele sofreu um toque, escapou na zebra e isso causou a quebra da suspensão traseira", explicou o chefe da equipe, Amadeu Rodrigues.

Abbate lamentou o ocorrido e está focado agora na Corrida do Milhão, dentro de 15 dias, em Goiânia (GO). "Foi um fim de semana difícil. Acho que tivemos uma dificuldade para se adaptar ao novo sistema de freios. Pelo que eu senti, mudou um pouco a reação do carro na entrada de curva e isso me atrapalhou um pouquinho na classificação no sábado. Na corrida, infelizmente, a gente teve um problema que acontece, um descompasso no pit stop, porque a placa subiu, abaixou o carro e eu saí, mas o tanque de combustível ainda estava lá. E eu tive de voltar e parar novamente no box e acabamos perdendo várias posições na pista com isso. Pelo menos, a gente conseguiu pontuar e agora vamos para a Corrida do Milhão. Vamos nos preparar para uma das corridas mais importantes do ano", declarou o paulista do Stock #26.

Fogaça também já volta seus pensamentos para a próxima metade da temporada. "Fiz uma largada boa. Eu tinha feito um plano para a largada e cumpri da forma que eu estava pensando, perfeito, mas infelizmente aconteceu uma quebra na traseira do carro, que travou as rodas e não tive como trazer o carro para os boxes. Claro que eu fico frustrado, mas vamos pra próxima", completou o piloto do Stock #72.

Informações sobre a equipe Hot Car e patrocinadores, acesse:
www.hotcarcompeticoes.com.br
www.facebook.com/hotcarcompeticoes
www.twitter.com/hot_car
instagram.com/hotcarcompeticoes
Periscope: @hot_car
www.facebook.com/BardahlBr

Fotos: Vanderley Soares.

Mais informações para a imprensa:
FGCom

OUTROS RELEASES

Powered by Focusnetworks