IMPRENSA

Atendimento:
(11) 4898-8608
comunicacao@promax.bardahl.com.br

Stock Car: Rafa Matos e Wellington Justino conquistam pontos na etapa de Brasília

3 de Junho de 2013

A 5ª etapa da Stock Car, neste domingo (2), no autódromo internacional Nelson Piquet, em Brasília (DF), foi emocionante do começo ao fim. Superados os problemas com o asfalto, que prejudicaram os treinos de sábado (1), os 33 pilotos foram para a pista e deram um grande show para o público.

Na equipe Hot Car Competições (Bardahl), o mineiro Rafa Matos conquistou mais um Top-10, depois de largar em 14º (o piloto havia sido o 18º no treino classificatório, mas algumas punições alteraram o grid). O goiano Wellington Justino também pontuou. O piloto largou em 29º e completou a etapa em 17º.

A vitória ficou com o pentacampeão Cacá Bueno, seguido por Daniel Serra e Thiago Camilo. Com o resultado, Bueno assumiu a liderança, com 97 pontos, uma a mais que o vice-líder, Ricardo Maurício, que terminou a etapa em quinto.

A prova teve a entrada do Safety Car em quatro oportunidades, após alguns acidentes, alguns deles bem fortes. Felizmente, os pilotos nada sofreram. A três minutos do final, Diego Nunes bateu forte e a prova foi encerrada com o carro de segurança na pista e bandeira amarela. Ao final da corrida, sete pilotos também foram excluídos, por irregularidades no reabastecimento.

"Foi um dia de sobrevivência, com muitos acidentes. Pelo desenho da pista, ela cria uma disputa muito grande. A largada foi complicada, cheguei na curva 2 ‘espremido’, no meio do pelotão, e infelizmente perdi algumas posições. Mas na prova, eu tinha um ritmo muito bom. Na hora da parada nos boxes, como o pit aqui é muito estreito, infelizmente tive que reduzir a velocidade porque o Ricardo Maurício estava saindo e isso me atrapalhou", contou o mineiro, décimo colocado na prova.

O piloto do carro #2 se prepara agora para a etapa de Cascavel (PR), dentro de duas semanas, mais um novo circuito. "De qualquer forma, foi um resultado positivo para a equipe, pontuamos, aprendemos e vamos para Cascavel com todo esse aprendizado para tentar pontuar novamente, se possível entre os Top-5", disse Matos.

Justino, que trocou o motor do seu carro para a prova, ficou satisfeito com a melhora do carro. Mas o piloto teve um problema no começo da corrida, que o fez perder várias posições. "Na largada, consegui me posicionar bem e ganhei umas sete posições. Vinha num ritmo legal, mas infelizmente meu carro entrou em modo de segurança na curva 2 e tudo o que eu tinha ganhado, acabei perdendo. No pit, a equipe trabalhou muito bem e eu tive sorte, pois parei depois e peguei o pit limpo. Ganhei umas três ou quatro posições. Estou feliz por voltar a pontuar e fiquei animado por ter solucionado o problema do meu motor. Isso me deixa bastante motivado para Cascavel", declarou Justino, que também nunca correu na pista paranaense.

O chefe da equipe, Amadeu Rodrigues, também deixou a pista satisfeito e otimista com as próximas etapas. "O dia foi compensador, principalmente depois de todos os problemas que tivemos no sábado. Com a mudança que fizemos no carro do Rafa de ontem pra hoje, o carro estava melhor. Ele andou entre os mais rápidos e foi uma pena a corrida terminar com Safety, pois ele ainda tinha bastante push e poderia ter sido ainda melhor. O Wellington também trocou o motor do carro e fez uma prova muito boa. Pontuarmos, terminamos com os dois carros inteiros e vamos para Cascavel mais animados", declarou o chefe da equipe Amadeu Rodrigues.

OUTROS RELEASES

Powered by Focusnetworks